Selos de sustentabilidade: compromisso com o desenvolvimento sustentável

Sustentabilidade: o que era tendência virou compromisso. É necessário, mais do que nunca, usar de forma inteligente os recursos naturais. Se isso não for feito de forma inteligente hoje, teremos um futuro incerto para as próximas gerações. A boa notícia é que as práticas e as ações capazes de viabilizar o uso adequado são relativamente simples, e podem ser adotadas pela sociedade e por empresas de todos os tamanhos.

Em casa, podemos fazer a nossa parte, adotando medidas, como separar o lixo, economizar água e energia, reduzir o consumo de plástico, dar preferência às marcas que têm o compromisso com a sustentabilidade do planeta e o principal: termos a consciência sobre a importância dessas para um futuro melhor. E essas medidas são fáceis de serem adotadas. Basta começar.

Mas como saber quais medidas estão sendo tomadas pelas empresas? Para isso existem os selos de sustentabilidade. 

Fachada do empreendimento OÁS em Curitiba

O que são os selos de sustentabilidade?

São certificações que oferecem a garantia de que uma empresa se preocupa, de fato, com a utilização correta dos recursos naturais, sem desperdício, e acabam sendo um fator decisivo na escolha de um produto pelo consumidor. 

Hoje já não se pensa mais no desenvolvimento de um produto, sem antes pensar na forma em que ele será produzido e como vai impactar o meio ambiente. As grandes empresas adotam hoje os selos de sustentabilidade para dar garantia ao consumidor de que estão adquirindo produtos que pensam no desenvolvimento sustentável. São eles que certificam de que as empresas buscam meios de crescer economicamente sem causar impactos ambientais. 

O Diretor de Operações da GT Building, Mauricio Fassina, destaca que a sustentabilidade faz parte dos pilares da incorporadora e desde o início dos empreendimentos são adotadas medidas que geram valor para o meio ambiente e uma maior qualidade de vida aos moradores.

“Na prática, os moradores vão ter economia, maior conforto lumínico, térmico e acústico. Então no final do dia ele vai ter um padrão de vida muito mais confortável, além de contribuir para um planeta mais sustentável”, explica. A empresa é também uma das primeiras do segmento declarar que vai zerar as emissões de carbono dos seus empreendimentos. 

O que é um empreendimento Carbono Zero? 

A engenheira Eduarda Valente, da GT Building explica como o OÁS será um dos primeiros empreendimentos do Brasil a zerar as emissões de carbono.

A importância dos selos de sustentabilidade

Os selos de sustentabilidade são importantes porque confirmam uma boa gestão ambiental da empresa e que ela adota medidas para o desenvolvimento ambiental. As certificações são referências tanto para o consumidor, de que ele está adquirindo produtos sustentáveis, quanto para as empresas, que conquistam mais credibilidade ao mostrar sua consciência ambiental.

Esse selo vai mostrar, por exemplo, que a empresa conserva água e energia, contribui para a redução de gases de efeito estufa, reduz os resíduos enviados para aterros sanitários, proporciona um ambiente mais saudável e produtivo para seus trabalhadores, entre outros fatores positivos. 

Os selos de sustentabilidade também geram economia, proporcionando custos operacionais mais baixos e aumento no valor patrimonial, além de qualificar a empresa para descontos fiscais, subsídios de zoneamento e outros incentivos financeiros por parte do poder público.

Como conseguir selos de sustentabilidade

Para a obtenção de selos, a empresa deve comprovar a adoção de medidas que causem menos impactos ambientais. Antes de tudo, é importante que a corporação escolha a certificação adequada ao seu negócio. 

Cada selo concedido tem um objetivo específico e para consegui-lo é necessário adotar uma série de regras e procedimentos. No geral, pedem laudos, metas, planos de ação, mudanças a serem feitas, cumprimento da legislação ambiental, etc. 

O importante, depois de escolher a certificação adequada à empresa, é conferir todas as regras sobre esse selo, buscando informações com a instituição certificadora. As práticas sustentáveis exigidas devem ser cumpridas.

Estando tudo ok, deve-se solicitar uma auditoria do órgão, que fiscalizará o cumprimento das regras. E o mais importante de tudo: após a obtenção da certificação, a continuidade das ações precisa ser mantida.

Quais são os selos de sustentabilidade?

Há diversos selos de sustentabilidade, de vários segmentos, mas os mais procurados na construção civil são GBC, Fitwel, LEED e PBE Edifica.

1. LEED

O Leadership in Energy and Environmental Design (em português Liderança em Energia e Design Ambiental) é um dos principais selos de sustentabilidade para edifícios do mundo. Para a certificação são necessários lotes sustentáveis, eficiência da água, inovação no projeto, energia e atmosfera, recursos e materiais, localização e transporte, consciência e educação e qualidade interna do ambiente.  

2. Fitwell

O selo significa que a empresa foca no bem-estar dos moradores do prédio. E para consegui-lo, a corporação deve comprovar a adoção de medidas que garantirão impacto positivo na saúde da comunidade, fomentem bem-estar, promovam segurança e acessibilidade para os moradores, estimulem a prática de atividades físicas, utilizem racionalmente recursos hídricos e energéticos, entre outras. O Fitwell só é concedido para empresas que comprovem práticas seguras e sustentáveis durante e após a construção do prédio.

3. GBC

Valida construções sustentáveis, comprometidas com a saúde e bem estar dos moradores, promovendo a biodiversidade, minimizando as mudanças climáticas, utilizando recursos hídricos com responsabilidade, adotando boas práticas de educação e comunicação e gerando benefícios econômicos.

4. PBE Edifica

A certificação foi desenvolvida em parceria entre o Inmetro e a Eletrobras/PROCEL Edifica e determina o nível de eficiência energética, ruídos e outros critérios de um edifício, que 

podem influenciar a escolha dos consumidores de um edifício. Este selo permite ao consumidor a comparação de eficiência energética dos imóveis, fazendo a sua escolha pelo melhor.

Sustentabilidade e qualidade de vida num só lugar

Área verde do empreendimento OÁS em Curitiba

Quando falamos em moradia, a primeira palavra que vem à mente é bem-estar. “Foi por isso que ao projetar o OÁS, o prédio mais alto de Curitiba e um ícone para a cidade, buscamos oferecer as melhores condições para a obtenção dos principais selos de sustentabilidade”, destaca Fassina. 

Por sua excelência no projeto e construção, o edifício está em processo de certificação dos quatro mais importantes selos de sustentabilidade da construção civil: LEED, Fitwell, GBC e PBE Edifica. Além disso, o OÁS será um dos primeiros empreendimentos do país a zerar a emissão de carbono.

Para Felipe Faria, CEO do Green Building Council (GBC), a GT Building faz parte de um movimento fundamental para garantir mais qualidade de vida para todos. 

Para saber mais sobre o OÁS basta clicar aqui.

You May Also Like

5 construções sustentáveis no Brasil

10 Construções Sustentáveis ao redor do mundo

fotografia de árvores vistas de baixo para cima

Árvores nativas do Brasil: Conheça as espécies e sua importância

foto de uma área externa com muita natureza e edificações esféricas espelhadas

Arquitetura Biomimética traz inovação inspirada na natureza

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *