Decoração e pets: Saiba como integrar espaços para seu fiel amigo em casa

Um pet sempre exige alguns cuidados de seus donos. E não é diferente quando o assunto é decoração da casa. Confira dicas de decoração para aliar conforto para eles e estilo para você. 

Quem tem um pet em casa já sabe que precisa pensar duas vezes antes de decorar a casa. Isso porque alguns pequenos têm alguns “hábitos” de morder, roer ou rasgar itens para decorar a casa. 

Além disso, os pets também precisam de cuidados especiais quando o assunto são os cantos da casa. Assim como nós, eles necessitam ter os seus espaços de lazer, descanso e refeição. 

É obrigação dos pais oferecer esse conforto aos pets. Afinal, eles também são membros da família igual a todos os outros, não é?

Preste atenção nos móveis 

A escolha certa dos móveis é essencial para quem tem um pet em casa. Alguns tipos de móveis simplesmente não são compatíveis com eles. O que pode, além de te dar um prejuízo financeiro, acarretar em dor de cabeça em seu dia a dia. 

Por exemplo, se você tem um cachorro de grande porte em casa precisa ter mais espaço livre no interior do seu lar. Por mais que ele não transite muito pela casa, um cachorro grande e espaçoso por “natureza” e, caso não tenha o espaço necessário, pode esbarrar em uma mesa, derrubar cadeiras, arrastar sofás e tudo mais que estiver em sua frente. 

Muito cuidado com os tapetes 

Muitas pessoas escolhem tapetes ao invés de carpetes em suas casas ou apartamentos. A escolha é compreensível, já que aqueles são muito mais simples de limpar. Mas, para quem tem pet em casa, deve ter bastante cuidado. 

Isso porque, com certeza, em algum momento, eles serão alvo de patinhas com unhas afiadas ou das necessidades fisiológicas dos pequenos. 

Portanto, na hora de escolher qual o melhor tapete para o seu lar, é melhor ficar longe dos carros. Escolha uma versão mais barata para sofrer menos a cada vez que o item for danificado. Materiais impermeabilizados e fáceis de lavar também podem ser uma ótima opção. 

Caso você já tenha um tapete que seja caro, a dica é deixá-lo em um ambiente em que o pet realmente não tenha nenhum acesso. 

Separe um espaço para seu pet chamar de “seu”

Pode ser no quarto, sala, cozinha ou até no banheiro. Quem tem pet em casa sabe que eles adoram nos seguir pela casa inteira. É, inclusive, esse companheirismo que faz com que nos apaixonamos por eles todos os dias. 

Mas, todo esse amor exige alguns cuidados. E um deles é se acomodar em todos esses cômodos de alguma forma. A dica principal aqui é tentar separar um cantinho para que ele se acomode nestes lugares. Pode ser uma escrivaninha no quarto ou um pequeno nicho embutido na parede da sala. 

Um caixote de madeira no canto da sacada ou um criado-mudo no escritório. Tente organizar um espaço para eles que combine com o ambiente e, ao mesmo tempo, proporcione todo o conforto para os pequenos. 

Cuidado com as janelas e varandas

Essa dica aqui é especialmente para quem tem gatos e mora em um apartamento ou casa de mais de um andar. Não deixe de instalar telas ou vidros nas janelas. É para a segurança do seu melhor amigo e para a sua. Afinal, é quase impossível vigiá-los a todo o momento. Principalmente os bichanos, que possuem um grande espírito aventureiro e adoram dar grandes saltos por aí. 

Outra dicas importante para quem tem um gato e está pensando em mudar de apartamento é verificar se o condomínios permite a instalação dessas telas de segurança. Afinal, todo o cuidado é pouco na hora de garantir a segurança do seu pequenino. 

Um cantinho estiloso para eles

Nos dias de hoje, são diversos os objetos para pets que são bonitos e com design diferenciado. Use isso a favor da decoração da sua casa. Desde bebedouros até brinquedos e caixas de areias. Você pode personalizar praticamente todos os itens do seu pet para deixar sua casa ainda mais bonita e exclusiva.

Basta ter criatividade e saber definir qual o estilo de decoração predominante da decoração da sua casa.

Escolha um piso que seja bonito e resistente

Alguns tipos de pisos como, por exemplo, os de pedra, laminados ou cerâmica são mais fáceis de limpar e de fazer uma boa manutenção do que um revestimento de carpete. 

Além disso, esses tipos de pisos também são muito mais refrescantes para os dias quentes, proporcionando um alívio para os pets. 

É importante tomar muito cuidado com os tipos de pisos que são mais escorregadios. Pois, eles dificultam a locomoção dos pets. Principalmente, se você tiver algum pet mais velho em casa. 

Torne a decoração divertida para eles 

Principalmente os gatos, podem (e devem) brincar muito dentro de casa. E você pode ajudá-los a gastar essa energia. Basta ajustar a sua decoração para isso. Um grande exemplo disso são os “obstáculos” como prateleiras seguidas, poltronas uma do lado da outra e estantes de diferentes alturas e distâncias. 

Esses pequenos truques irão, com certeza, divertir eles demais e não fará nenhum mal para os seus objetos e móveis. As opções são diversas. 

Viu como é fácil aliar decoração de casa e conforto para o seu pet? Agora que você já sabe o que não pode errar na hora de montar a sua decoração, está pronto para aproveitar o novo lar junto com o seu melhor amigo!

You May Also Like

fotografia interna de um walk-in closet

Walk-In Closet: descubra o luxo e a funcionalidade do modelo

4 marcas brasileiras de móveis de design para você conhecer

fotografia com uma mulher segurando um tablet, que mostra uma sala com paredes brancas, piso de madeira e cadeiras vermelhas

6 aplicativos que vão te ajudar na decoração de ambientes

Despertando os sentidos na decoração com o design sensorial

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *